11 de nov de 2015

Compreensão leitora.

Leitura complementar:


Aprender a ler e compreensão do texto: processos cognitivos e estratégias de ensino




Estratégias e etapas de leitura


Reading comprehension strategies checklist.


Estratégias de leitura.

Variadade de atividades acerca leitura e compreensão de text. Vale a pena conferir esses modelos:

http://www.ereadingworksheets.com/e-reading-worksheets/all-reading-worksheets-list/





Video Aula

A video aula é uma ferramenta miaditica, usada para auxiliar no ensino e aprendizagem dos estudantes, proporcionando a eles uma visão maior do conteúdo abordado, tornando a aula mais dinâmica, aumentado a circulação das informações de forma mais atrativa.
Para os professores, saber utilizar o poder dos vídeos é de fundamental importância e essa capacidade não pode ficar fora de seu currículo.                           
É necessário ter desenvoltura em frente às câmeras e nesta hora a timidez não tem espaço. O professor ou o apresentador deve ter familiaridade não apenas com o assunto, mas ser articulado, desinibido e ter uma boa oratória. A empatia com o público será determinante para o sucesso da sua videoaula.
Os benefícios do uso de vídeos como ferramenta de ensino em sala de aula são vários:
  Ø  Acessibilidade ao conteúdo
  Ø  Os elementos visuais
  Ø  Interações alem da sala de aula
  Ø  Material complementar
  Ø  Fomentação da criatividade





Bibliografia:
  • ·        http://aprendendoemcasa.net/07-ferramentas-para-criar-video-aulas-e-tutoriais/
  • ·        http://blog.hotmart.com/pt/produtores/como-fazer-videoaulas-atraentes/
  • ·         http://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2012/10/03/972423/11-motivos-usar-videos-em-sala-aula.html

10 de nov de 2015

Telejornal como ferramenta de ensino-aprendizagem.

O telejornal  como ferramenta de aprendizagem e compreensão leitora.

O ensino da língua portuguesa por meio do telejornal tem como objetivo ampliar as possibilidades do uso da linguagem e compreensão de seus códigos para uma real avaliação crítica e fidedigna da realidade e do contexto a que a informação se apresenta.


O trabalho de reflexão e análise de um texto, falado ou escrito, tem como meta a qualidade do uso da linguagem contribuindo para a reflexão por meio de produção e interpretação de textos, objetivando a análise metalinguística, utilizando-se textos reais do cotidiano social em que o ouvinte/receptor está inserido.

Ler não é somente decodificar os códigos convertendo letras em sons, mas também compreender o que se está lendo, atribuindo significado.

Muitas pessoas possuem dificuldades para escrever e ler um texto, porém expressar-se oralmente é algo que acontece de forma natural. A linguagem deve ser trabalhada de forma a conhecer seus significados culturais e sociais, dando sentido e não apenas ensinar palavras. O trabalho na interpretação deve ser interagido socialmente dentro do contexto e realidade da sociedade.



Então, o telejornal por meio dessa ótica desenvolve várias habilidades que faltam nas pessoas atualmente como, por exemplo, o senso crítico que é o poder de avaliar várias questões por pontos de vistas diferentes, deixando de lado o senso comum e reavaliando o seu contexto social.

Fonte: http://www.fals.com.br/revela18/REVELA%20XVII/artigo4_revelaXI.pdf
Bagno, Marcos. Nada na língua é por acaso: por uma pedagogia da variação linguística -  São Paulo: Parábola Editora, 2007.

Alunos: James Meireles, Frederico Vaz, Rafael Almeida e Leonardo Ramos